Rinoplastia

Se não bastasse ser a estrutura facial mais importante do ponto de vista estético, o nariz ainda é responsável pela olfação, ventilação (10 mil a 20 mil litros de ar passam pelo nariz diariamente), humidificação, filtração, regulação térmica do ar e fonação. É muita responsabilidade para uma estrutura tão pequena. Daí se pode ter uma idéia da enorme responsabilidade que é modificar um nariz, do ponto de vista tanto da estética quanto da função.

Em estudo de campo visual com humanos, observou-se que a primeira estrutura observada na face de outra pessoa é justamente o nariz. Em seguida os olhos. Daí o olhar "corre” geralmente pelas maçãs do rosto, mandíbula, mento, fronte e por fim orelhas. Tudo isso acontece numa fração de segundo. Disso deduziu-se duas coisas: o nariz é a estrutura mais importante da face, do ponto de vista estético. E a orelha a menos importante. Talvez isso explique porque tantas modelos tenham orelhas em abano e mesmo assim sejam consideradas muito bonitas.

Apesar de ser tão importante, o nariz não pode nunca ser visto isoladamente do resto da face. Ele precisa harmonizar com o todo. Assim como um nariz de aspectos negróides pode não ficar esteticamente agradável numa pessoa caucasiana, o oposto também é verdade. Cada face é única, assim como cada nariz. Nessa individualização é que está a maior beleza da rinoplastia. Talvez nenhuma outra cirurgia reuna tanta arte e ciência lado a lado. Embora o cirurgião use técnicas bem estabelecidas, a forma como essas técnicas são usadas é única para cada paciente.

É importante haver um diálogo franco entre médico e paciente. De um lado, o cirurgião precisa compreender exatamente o que o paciente deseja, o que ele considera um nariz bonito para seu rosto. De outro lado, o mesmo paciente precisa compreender que o nariz não é feito de massa de modelar, que a cirurgia tem limites e que nem sempre é possível conseguir o que ele quer. Ou às vezes é possível, mas o resultado ficaria excessivamente artificial ou não combinaria com sua estrutura facial ou levaria a um dano no funcionamento do nariz. De nada adianta um nariz bonito que não serve para respirar.

Entrando em alguns detalhes técnicos, a rinoplastia geralmente é realizada sob anestesia geral, podendo ainda ser usada em alguns casos a anestesia local com sedação. O tempo de cirurgia é em média de 1 hora e meia a 3 horas. A recuperação em geral é rápida. Se houver tratamento da parte óssea o paciente fica com uma imobilização local sobre o curativo por 7 a 10 dias em média. Após duas semanas da cirurgia o paciente pode levar uma vida praticamente normal. Apesar da rápida recuperação, o resultado final de uma rinoplastia pode demorar bastante para aparecer devido principalmente ao edema (inchaço), que costuma melhorar 70 a 80% ao fim de 2 meses, porém os outros 20 a 30% podem levar até 2 anos para completa melhora. Usualmente narizes com pele grossa e com grandes modificações na ponta permanecem mais tempo edemaciados, ao passo que aqueles com pele fina e com pequenas modificações na ponta costumam adquirir sua forma final muito rapidamente.